Santo por acaso fortalece a teledramaturgia de Pernambuco

1

Posted by Ciro Bezerra | Posted on sábado, 20 de outubro de 2007

O ano era 1968. Naquele tempo televisão era uma raridade.Mas foi bem nesse ano que surgiu a primeira telenovela, aqui em Pernambuco. “A Moça do sobrado grande”, com direção de Jorge José, foi ao ar trazendo uma grande novidade para televisão pernambucana. Era a primeira telenovela a passar em Pernambuco com uma produção daqui. Hoje, quase quarenta anos depois, a Tv pernambucana investe em mais um projeto audacioso: Retomar a teledramaturgia no estado. Com mais qualidade técnica e com uma nova safra de atores, o Sistema Brasileiro de Televisão, junto com a Tv Jornal, traz ao público algo diferente para o horário das 21hs. Um projeto que amplia ainda mais o espaço para as produções nordestinas, principalmente para os pernambucanos, que vêm numa crescente no cinema nacional. Revelações e uma qualidade maravilhosa fazem as características na nova minissérie pernambucana, Santo por Acaso. A história da minissérie, de Valdir Oliveira e roteiro adaptado de Léo Falcão e Geraldo Motta, é construída em torno de Cícero, filho de uma devota fervorosa de Padre Cícero Romão que, para salvar seu filho da morte, faz uma promessa em seu nome para o "padim Ciço". Na juventude, Cícero vira seminarista, mas se sente atraído pela jovem Letícia. Por conta de suas posições políticas, acaba vítima de uma emboscada, o que leva a trama a outros desdobramentos. A minissérie estréia terça-feira, 23, ás 21hs, sendo exibida em 4 capítulos.


Afonso Bezerra




Comments (1)

  1. 21 de novembro de 2009 00:22

    intiresno muito, obrigado